Compartilhe

Atualizado em

Por Yuri Rossi



A vereadora Gilciane Orosco Malto (DEM) afirmou na última sessão da Câmara Municipal de Capivari que a ambulância municipal que fica a disposição do pronto socorro estaria sendo utilizada como táxi pela população.

De acordo com Gil, os usuários do SUS mesmo tendo condições próprias para sua locomoção aguardam a ambulância para retornarem para sua casa após a consulta, mesmo não havendo necessidade que esse transporte seja feito por um veiculo especial.

Gil ainda afirmou que o serviço de auxilio poderia ser realizado pela Guarda Civil Municipal, mas segundo ela esse serviço não vem acontecendo.

Nossa equipe procurou a Secretaria de Comunicação que em nota afirmou que todos os chamados pelo número 192 são prioritários para casos de emergência. Portanto, é preciso bom senso da população no uso do serviço, afirma a nota.



Quanto à Guarda Civil Municipal, a nota afirma que o auxilio fornecido pela corporação em casos de emergência nunca deixou de ser realizado em casos possíveis, mesmo assim há situações em que é necessário a chegada da ambulância para que não haja complicações no estado de saúde do paciente.

Ouça a matéria completa.