Compartilhe

Em Portugal, andar de bicicleta vai se tornar matéria obrigatória nas escolas a partir do ensino básico. A ideia do governo português é mudar o comportamento das crianças, fazer exercícios físicos e ensiná-las sobre mobilidade urbana.

As crianças vão começar andando de bicicleta dentro de um ambiente seguro e protegido e, quando passarem para a segunda e terceira série, poderão andar em espaço público. Em entrevista, o secretário de Estado Adjunto da Mobilidade, José Mendes, explica que a intenção é criar condições para uma mudança drástica em questão de mobilidade nas próximas gerações, além de incentivar um uso responsável e coletivo do espaço público.



A iniciativa também vai chegar em adultos que não sabem andar de bicicleta. O governo pretende montar um “quadro de referência nacional” para ensinar a população a andar de bicicleta. As aulas vão focar em segurança e conforto e serão em ambiente fechado para os iniciantes e na rua para o nível avançado. Depois, os novos ciclistas formados ganharão certificados.

Pensando em inclusão, as pessoas com deficiência física também poderão aprender a pedalar. A proposta oficial do governo assegura que bicicletas adaptadas serão emprestadas, além de cadeiras de rodas e outros equipamentos, para garantir a segurança e conforto.

A atividade física e hábitos saudáveis são essenciais no processo de reabilitação e integração das pessoas na sociedade.

Fonte: R7