Compartilhe

Primeiro é bom dizer que não é adivinhação. Essas previsões são baseadas em tendências adquiridas pela aplicação de técnicas do feng shui. Vale lembrar que o Ano Novo Chinês começa em 5 de fevereiro. Ele não segue nosso calendário Ocidental e não começa depois dos fogos do dia 31 de dezembro.

Segundo o Mestre I Ming, orientador e assessor da Sociedade Feng Shui no Brasil, nosso destino depende de cinco fatores. Vontade de Deus, feng shui, circunstância encontrada, causa e efeito entre você e seus próximos e também nosso esforço pessoal.

O ano do porco. Na astrologia chinesa, os animais são a materialização e a expressão dos conteúdos animalescos da alma humana. O porco representa a inteligência. Simboliza uma pessoa leal, honesta, inteligente, constante, vigorosa, atraente, emocionada e com grande senso de justiça.



E, de acordo com o feng shui, o ano 2019 vai se desenrolar no encontro de duas energias: a da terra, de firmeza e credibilidade, e a do signo do porco, que se destaca pela sua inteligência nos momentos oportunos. “Nesse sentido, para alcançarmos nossos objetivos, a atitude a ser adotada é: recuar com sabedoria, agir corajosamente com rigor e confiar no que faz”, aconselha o mestre.

Esses são os lemas pra gente ter em mente ao longo do ano.
Além disso, se baseando em registros de astrólogos do século 15, o assessor prevê: “Os conflitos serão pacificado com força feminina. A força do amor, da humanidade e a vitória da persistência terão final feliz”, conta. Ah, e pra quem curte o tema, as cores favoráveis de 2019 são azul, preto, branco, amarelo e tons metálicos.

2019 no Brasil. Por aqui é esperada estabilidade social e financeira, embora “sem grande avanço”. Isso significa que a astrologia chinesa prevê uma pequena melhora no nosso contexto econômico, embora prediga que o desemprego vai continuar em alta. Fora isso, o consultor vê conflito social acontecendo no Rio Grande do Sul e desastre “por ira da natureza” no Nordeste. “O novo presidente supera os obstáculos”, diz o mestre.

Fonte: Hypeness