Compartilhe

Justiça do Paraguai marcou para 24 de agosto a audiência que deverá decidir o futuro do jogador Ronaldinho Gaúcho e de seu irmão, Roberto de Assis. Os dois foram preventivamente detidos, em março, após terem entrado no país vizinho com passaportes falsos.