Compartilhe

Subiu para 203 o número de mortes confirmadas na cidade mineira de Brumadinho.

As autoridades atualizaram os números sobre a tragédia envolvendo a mineradora Vale neste quinta-feira.



Segundo balanço divulgado pela Defesa Civil, 105 pessoas ainda estão desaparecidas.

Os trabalhos de buscas na região continuam após quase dois meses do ocorrido.

São mais de 20 frentes de trabalho.

No dia 25 de janeiro, a barragem da Mina Córrego do Feijão, da Vale, se rompeu e a lama devastou a região.



Os rejeitos destruíram a área administrativa da mineradora, incluindo o refeitório, onde muitos trabalhadores almoçavam na hora do rompimento.

A lama destruiu também casas e propriedades rurais de Brumadinho e contaminou o Rio Paraopeba, um dos afluentes do Rio São Francisco.