Compartilhe


O vocalista Rogério Flausino e sua banda, Jota Quest, foram condenados a pagar uma indenização de 50.000 reais para a dupla sertaneja Nycolas e Fabyane por danos morais. De acordo com a decisão da Justiça do Rio de Janeiro, Nycolas e Fabyane se posicionaram para iniciar um show em um camarote de uma Exposição Agropecuária no Rio de Janeiro, em julho de 2016, ao ouvir da organização que a apresentação do Jota Quest em outro palco havia terminado. A banda, no entanto, voltou para um bis logo depois e foi surpreendida com o som da dupla, que iniciava sua apresentação.



Cerca de dois minutos depois, ainda na primeira música, (Nycolas e Fabyane) notaram que o público estava fazendo sinais. Ao retirar os fones de ouvido, ouviram gritos e xingamentos. Perceberam, então, que os integrantes do Jota Quest haviam retornado ao palco principal e que os gritos e xingamentos eram proferidos pelo vocalista da banda, o réu Rogério Oliveira de Oliveira, o Rogério Flausino. A dupla alegou que foram discriminados, injuriados e humilhados na presença de milhares de pessoas.

No processo, a dupla pediu um total de 1 milhão de reais de indenização. No entanto, a sentença, proferida na última sexta-feira, definiu que Jota Quest e Flausino devem pagar 25.000 reais para cada membro da dupla, mas ainda cabe recurso. A reportagem tentou contato com a equipe do Jota Quest, mas não obteve resposta até a publicação da matéria.

Fonte: Veja