Compartilhe

Durante os últimos dois anos, todas as semanas, o bombeiro Mike Boyd comprava sempre um bilhete com os mesmos números (6, 9, 13, 24 e 41) para tentar a sorte em uma loteria no Reino Unido. Porém, recentemente, quando estava atendendo a um recente e demorado chamado em vilarejo remoto, sem sinal de celular, o britânico não conseguiu comprar o habitual bilhete.

E quis o destino que o resultado daquele concurso, do qual o bombeiro não pôde participar, desse exatamente as dezenas sempre apostadas por ele. O bombeiro perdeu o equivalente a R$ 10 milhões. “Estou tentando não pensar nisso, mas realmente poderia ter ajudado muitas pessoas”, desabafou o morador de Worthing (Inglaterra).



Ele declarou que teria usado grande parte do dinheiro do prêmio que não ganhou com os pais. “Eles trabalharam a vida inteira, e eu teria sido capaz de permitir que ambos se aposentassem com conforto”, afirmou.