Compartilhe

Atualizado em

O Brasil perdeu milhares de leitos hospitalares no Sistema Único de Saúde, o SUS, em 10 anos. De acordo com números de um estudo feito pela Confederação Nacional dos Municípios e divulgados pelo jornal O Estado de São Paulo, foram fechadas 41ma mil, 388 vagas em hospitais públicos do país entre 2008 e 2018.



Em contrapartida, a rede particular aumentou e ampliou a capacidade em 18 mil e 300 leitos, no mesmo período.
Em uma conta simples, levando em consideração apenas as quantidades e deixando de lado a diferença entre público e particular, pode-se dizer que o país perdeu, nesses últimos anos, 23 mil e 88 leitos hospitalares, uma média de 6 leitos fechados por dia.
De acordo com o Ministério da Saúde a tendência mundial é de desospitalização.
A pasta ainda ressaltou que, apesar da redução no número de leitos, o atendimento não foi prejudicado.
Segundo o Ministério, a quantidade de internações aprovadas no SUS em 2008 foi de 11 milhões e 100 mil e, em 2017, de 11 milhões e 600as mil.