Compartilhe

Atualizado em

O desemprego no Brasil caiu.



Segundo dados atualizados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o país encerrou outubro com a taxa de desemprego em 11,6%.

É o menor patamar registrado no ano. Ainda assim, são 12 milhões e 400 mil brasileiros desempregados.

O Brasil registrou pico de desemprego, segundo números do IBGE, em março, quando a taxa de desemprego ficou em 12,7%.

Sobre a população ocupada, o IBGE revela que ela somou 93 milhões e 600as mil de pessoas em outubro.



Fazem parte do grupo os 33 milhões e 200 mil brasileiros com carteira assinada.

No mês de outubro, o Brasil gerou 70 mil, 852 empregos com carteira assinada,  de acordo com números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o Caged.

Outro destaque para os números divulgados pelo IBGE é a taxa de informalidade, que ficou em 41,2%,  o que representa 38 milhões e 800 mil brasileiros.

Esse grupo é formado, em sua maioria, por trabalhadores por conta própria sem CNPJ e empregados no setor privado sem carteira assinada.

Mas entram na conta também os trabalhadores domésticos sem carteira assinada, os empregadores sem CNPJ e os trabalhadores familiares, que são aqueles que ajudam familiares ou amigos em seus negócios, mas sem quer formalização de vínculo empregatício.