Compartilhe

Pesquisa mostra que para a maioria dos brasileiros, ter fé religiosa é mais importante que estudar, para conseguir melhorar de vida.

O estudo “Nós e as desigualdades” foi feito pelo Datafolha, em parceria com ONG Oxfam Brasil.



Foram ouvidas mais de duas mil pessoas em todo o País sobre as prioridades que, para elas, contribuem para a pessoa ter uma vida melhor.

A fé religiosa foi citada por 28 por cento dos entrevistados e ficou em primeiro lugar em ordem de importância.

Em seguida aparecem o estudo, com 21 por cento, e o acesso à saúde, com 19 por cento.

Os participantes também deram notas para dez medidas que, na pesquisa, eram consideradas prioritárias para a redução das desigualdades.

▪ Veja mais informações da região!



O combate à corrupção recebeu a maior nota: nove vírgula sete.

Em seguida aparecem investimento público e educação, ambos com nota nove vírgula seis.

Os dados no estudo podem ser encontrados na página do UOL.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS