Compartilhe

Reclamações contra empresas de telecomunicações perdem força, em junho. Na comparação com maio, o recuo foi de 17 por cento.

Ainda assim, mais de 218 mil pessoas tiveram que recorrer à Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel.



A maior parte das queixas, uma de cada três, foi relacionada ao serviço pós-pago de telefonia celular.

Depois aparecem, em ordem, as reclamações sobre telefonia fixa, banda larga fixa, telefone pré-pago e TV por assinatura.

O principal problema dos clientes, no geral, ficou por conta de erros ou questionamentos sobre a cobrança.

Quando se fala em telefonia móvel pré ou pós paga, a empresa que mais deu dor de cabeça para os consumidores, em junho, foi a TIM.



Na TV por assinatura, a companhia mais reclamada foi a Claro.

Na telefonia fixa foi a Oi e na banda larga fixa a Vivo.