Compartilhe

A Caixa Econômica Federal suspendeu temporariamente a contratação de novas unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida para a faixa intermediária, voltada para as famílias com renda mensal máxima de até 2 mil e 600 reais. A justificativa é a falta de recursos.

De acordo com o banco, o orçamento anual para esta linha de crédito, que é a faixa 1 e meio, já foi todo utilizado. Os financiamentos dessa faixa são feitos com recursos do FGTS e a previsão da Caixa é retomar as contratações no início de 2019.



As demais faixas de renda não foram afetadas. Continuam sendo feitas normalmente as contratações de unidades para famílias com rendas de até mil e 800, 4 mil e 7 mil, que usam, respectivamente, as faixas 1, 2 e 3 de financiamento do Minha Casa Minha Vida