Compartilhe

Um novo relatório da Agência Internacional para a Pesquisa sobre Câncer, IARC, na sigla em inglês, chama a atenção para o aumento do número de casos de tumores malignos de pulmão em mulheres.

De acordo com o documento, a incidência do mal entre pessoas do sexo feminino aumenta a uma taxa de 5,3% ao ano.



Apesar da grande taxa de incidência entre as mulheres, o câncer de pulmão é uma preocupação também entre os homens.

Atualmente, é a principal causa de morte para pessoas de ambos os sexos em 28 países.

A evolução da doença preocupa. O câncer de pulmão é um dos mais letais e está geralmente associado ao hábito do tabagismo e, portanto, muitos dos casos poderiam ser evitados.

De modo geral, aliás, o câncer é motivo de preocupação grande. De acordo estimativas do IARC, uma em cada seis mulheres e um a cada cinco homens, em todo o mundo, vão sofrer com a doença em algum momento da vida.



O envelhecimento da população é um dos fatores que explica o aumento, ano a ano, no número de casos de câncer.

No entanto, a adoção de um estilo de vida mais saudável e o controle de infecções por trás de alguns tumores – como o HPV, principal causa para o câncer do colo do útero, e hepatite, importante fator de risco para o desenvolvimento de câncer de fígado – são fundamentais na prevenção de tumores malignos.