Compartilhe

Atualizado em

Com o resultado o Capivariano conquistou três pontos e assumiu a vice-liderança da competição.



Por Jean Bordini
*Com colaboração de Sérgio Soares

O Capivariano Futebol Clube começou com o pé direito o Campeonato Paulista série A3, ao vencer de virada o Grêmio Osasco na tarde do último sábado (28), no Carlos Colnaghi em Capivari.

Foram 5 gols ao total da partida e o placar ficou 3 Capivariano e 2 Grêmio Osasco.

Ambos os times com ótimos jogadores, porém, o Grêmio Osasco uma equipe com jogadores mais experientes, como o capitão Rogério, ex Corinthians e ex Palmeiras e também o goleiro Yamada, que jogou no Corinthias de 93 a 2003.



No primeiro tempo essa experiência dos jogadores parecia fazer a diferença, passes precisos, jogadas pensadas e o resultado não poderia ser outro, aos 14 minutos do primeiro tempo, Lucas abre o placar para o Grêmio Osasco.

O gol já trouxe preocupação aos mais de 1160 torcedores do Leão que estavam presentes no estádio. E a preocupação ficou maior com um pênalti favorecendo a equipe de Osasco.

E lá vai ele bater o pênalti, o experiente Rogério, preparou, correu, chutou, gol. O goleiro do leão, Maurício, por pouco não defende.

O resultado já não preocupava só os torcedores, mas também o técnico Abelha, que decide fazer a sua primeira substituição. Sai Paulo Osório e entra Rudimar.

E os comentário do repórter Sérgio Soares da nossa equipe foi: ”esse moleque é bom e vai fazer o primeiro gol”. Não deu outra, boca santa de Sérgio, mais a tacada certa do Abelha, ainda no primeiro tempo, Rudimar diminui para o Capivariano.

Esse gol fez o leão mostrar as garras novamente e numa linda jogada, o jogador Fabrício, por pouco não empata de cabeça ou de bicicleta, já que na primeira jogada, milagrosamente o goleiro do Osasco Yamada espalma e de bicicleta Fabrício chuta próximo do gol, assustando o goleiro.

Ainda no finzinho do primeiro tempo, Silas do Capivariano perde a chance de levar a equipe para o intervalo no empate.

E começa o segundo tempo, perdendo por um gol de diferença, o Leão da Sorocaba volta revigorado na partida. O Capivariano aparece mais no ataque, botando pressão em cima do Grêmio Osasco e não dando chances para ampliarem mais a vantagem.

A equipe que ataca com freqüência é um perigo, e um jeito errado de tirar a bola e segurar o jogador é fazendo falta.

E quem vai para a cobrança é Pedro Henrique, jogadores na área e lá vai ele. Cobrança perfeita, só esperando alguém subir de cabeça e jogar a bola pra rede. Mais espera aí, nenhum jogador subiu na bola, o goleiro Yamada está perdido, e a bola está lá, no fundo do gol. Golaço e fica tudo igual no Carlos Colnaghi em Capivari.

No segundo tempo, ambas as equipes, desperdiçaram boas chances de gols, principalmente o Capivariano.

Mas isso não fez com que o jogo acabe em empate, já que num escanteio, o experiente Ivanzinho cobra, e Rafael, preciso e de cabeça, faz o terceiro gol do Leão. 3 a 2, de virada, o Capivariano mostrou à sua torcida que tem grandes chances de ser campeão e chegar a série A2.

E por falar na torcida, mais uma vez, os torcedores deram um grande apoio ao Leão e não pararam, um minuto se quer, de gritar e incentivar a equipe.

Lição aprendida com esse jogo: Experiência é tudo, mais é no campo em que se decide a partida.

Com o resultado o Capivariano conquistou três pontos e assumiu a vice-liderança da competição, já que na liderança está o Guaçuano, que venceu o Marília por dois gols de diferença.

O próximo jogo do Capivariano acontece nesta quarta-feira (1), contra o Marília no estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal, às 20h30, em Marília.