Compartilhe

O prazo de validade e o limite de pontos para suspensão da Carteira Nacional de Motorista (CNH) podem mudar.

Isso porque deve chegar ao Palácio do Planalto, ainda esta semana, um projeto do Ministério da Infraestrutura que sugere que sejam dobrados a validade do documento, de cinco para dez anos, e também a quantidade máxima de pontos que cada condutor pode tomar, de 20 para 40 pontos.



Além disso, o texto ainda fala sobre endurecer, e agilizar a punição aos que cometem infrações mais graves no trânsito, como dirigir depois de beber.

▪ Veja mais informações da região!

Para se ter ideia, atualmente, para que o condutor flagrado alcoolizado perca a Carteira de Motorista, o processo chega a passar por até seis instâncias.

Já o texto do Ministério propõe que não passe de três.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS