Compartilhe

Cerca de dois milhões e 200 mil brasileiros ainda não sacaram o abono do PIS/Pasep.

O prazo termina no fim de junho. E quem não retirar o dinheiro perde direito ao benefício.



Ao todo, seis bilhões e meio de reais estão parado à espera dos donos, informa o Ministério da Economia.

O valor do abono vai de 84 reais até um salário mínimo.

Têm direito ao benefício, do calendário 18/19, pessoas cadastradas no PIS/Pasep há no mínimo cinco anos; que tenham trabalhado com carteira assinada pelos 30 dias, em 2017; e recebido, em média, até dois salários mínimos por mês.

Os empregados do setor privado fazem o saque em uma agência da Caixa Econômica Federal.



E os funcionários públicos no Banco do Brasil.