Compartilhe

A central de atendimento do governo federal que recebe denúncias de violações contra os direitos das mulheres começou o ano com quase 37% a mais de denúncias do que no ano passado.

Somados, os chamados ao Ligue 180 chegaram a 17 mil 836 registros em janeiro e fevereiro.



No mesmo período do ano passado, foram computadas pela central 11 mil 263 denúncias.

Os números foram divulgados pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos na última sexta-feira, dia 8 de março, data em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher.

Segundo os dados oficiais, os estados com maior número de ligações para o Ligue 180foram Rio de Janeiro, com 3 mil 543 registros, São Paulo, com 3 mil 263 e Minas Gerais, com 2.122.

Bahia, com mil 232 ligações e Rio Grande do Sul, com mil e 33, fecham a lista dos 5 estados com o maior número de chamados ao Ligue 180



Vale lembrar que a chamada à central é gratuita e pode ser feita a qualquer hora do dia, todos os dias da semana

Quando recebe uma denúncia, a equipe registrar os fatos e encaminha as informações para os órgãos competentes para acompanhamento do caso.