Compartilhe

Quase mil e 500 pessoas em situação de rua foram encaminhadas para centros de acolhimento e abrigos, na cidade de SP, só no último fim de semana.

E o total de 545, registrado na madrugada de segunda-feira, é considerado recorde.



Os números da operação Baixas Temperaturas foram divulgados pela Prefeitura.

Desde o início dos trabalhos, em maio, a gestão Bruno Covas realizou mais de 800 mil acolhimentos.

Sem esquecer que uma mesma pessoa pode ser atendida em vários dias.

Além do trabalho nos Centros de Acolhida e Centros Temporários de Acolhimento, do dia 15 pra cá, também passaram a funcionar espaços emergenciais.



O prefeito Bruno Covas promoveu uma ação integrada entre as secretarias.

Por exemplo, a de Esportes liberou quatro centros esportivos para receber pessoas em situação de rua. E a de Transportes forneceu ônibus para levar os atendidos aos espaços de acolhimento.

A operação é reforçada sempre que a temperatura cai para 13 graus ou menos.

A cidade de SP conta, hoje, com 22 mil vagas, em 148 locais, para o acolhimento de pessoas em situação de rua.