Compartilhe

Comitê Olímpico Internacional reafirma que Olimpíadas de Tóquio estão mantidas.

Pelo menos por enquanto, mesmo com o coronavírus, os Jogos seguem previstos para acontecer entre 24 de julho e nove de agosto.



O órgão divulgou uma nota, na qual afirma que tem tomado todas as medidas para garantir a saúde e o bem-estar dos envolvidos.

O COI admite que o que acontece hoje no mudo é algo sem precedentes.

Mas entende que não é hora de tomar decisões drásticas, como o adiamento ou o cancelamento.

A organização das Olimpíadas de Tóquio também se manifestou sobre a disputa pra ver quais atletas terão vaga nos Jogos.



Isso porque quase metade delas ainda não foram preenchidas.

E disse que, se não houver a possibilidade de realizar as provas seletivas que estão pendentes, pode adotar outros critérios, como rankings e resultados anteriores.

O órgão ainda deixou em aberto, na nota, a possibilidade de, em alguns casos, pra ser justo com os atletas, aumentar o número de vagas.

Por fim, uma fonte do COI disse, ao jornal inglês The Guardian, que está descartada a possibilidade de uma Olimpíada sem público.

Até porque a união dos povos e das pessoas é a essência dos Jogos.