Compartilhe

Índice de Confiança da Indústria chega a 96 vírgula três pontos em novembro, o maior nível desde maio de 2018, quando o resultado ficou em 97 vírgula dois pontos.

Na comparação com outubro, o aumento foi de um vírgula sete ponto, de acordo com a pesquisa da Fundação Getúlio Vargas.



A economista do órgão Renata de Mello Franco avalia que embora o índice permaneça em um nível baixo em termos históricos, o avanço foi expressivo e bastante disseminado entre os setores da industria.

O aumento da confiança foi verificado em 15 dos 19 segmentos industriais pesquisados em novembro.

Segundo a economista, o resultado é consequência principalmente da melhora das expectativas, que subiu dois vírgula nove pontos e passou para 96 vírgula oito pontos.

É o maior nível desde abril deste ano, quando o Índice de Expectativas chegou a 97 vírgula quatro pontos.



Já o Índice de Situação Atual variou zero vírgula quatro ponto e passou para 95 vírgula oito pontos.