Compartilhe

Atualizado em

Com as Diretas, a maior parte dos sócios terá direito a voto para presidente nas próximas eleições.



Por Jean Bordini

A proposta de eleições diretas para a escolha da presidência do Palmeiras foi aprovada por unanimidade na noite dessa segunda-feira.

A votação aconteceu na Academia de Futebol e teve aprovação unânime dos 191 representantes do Conselho Deliberativo que estavam presentes na reunião. Agora, para entrar em vigor, depende do aval da Assembleia Geral de sócios.

Mesmo sendo aprovada na assembleia, que acontece em novembro, a medida passa a valer só em 2014. Já que as próximas eleições acontecem, em janeiro de 2013, não dando tempo para efetuar a mudança de método.



Para ser aprovada na assembleia, basta 50% mais um associado aprovarem a medida.

Com o início das Diretas, a maior parte dos sócios terá direito a voto para presidente nas próximas eleições. Mas pra votar a pessoa tem que ter no mínimo três anos de associado.