Compartilhe

Atualizado em

Os municípios devem ficar atentos para a continuidade das chuvas e os acumulados, que poderão ocasionar transtornos.



Por Yuri Rossi

A Defesa Civil Estadual encaminhou para as Coordenadorias Regionais e Municipais de Defesa Civil, previsão meteorológica especial para o Estado de São Paulo, tendo em vista a passagem de uma frente fria que associada à umidade vinda da Amazônia, pode acarretar pancadas de chuva de forma generalizada em praticamente todo o Estado.

As chuvas começam pelo oeste de São Paulo e divisa com o Paraná durante e se propagam para as demais regiões ao longo do dia, gerando grandes acumulados. Esperam-se precipitações com intensidade forte de maneira localizada e chuvas que variam de fraca a moderada, de longa duração, na maior parte do Estado, acompanhadas de rajadas de vento e descargas elétricas.



Nos dias 11 e 12, ela se mantém estacionária sobre São Paulo, atuando principalmente na divisa com Minas Gerais e interior. Nas demais regiões, as chuvas se alternam com períodos de melhoria. Os municípios devem ficar atentos para a continuidade das chuvas e os acumulados, que poderão ocasionar transtornos, como alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra.

A Defesa Civil Estadual orienta para que durante as chuvas a população permaneça em local seguro.

Se estiver na rua: busque abrigo em edificações como prédios e estações de metro;
Se estiver no trânsito: pare o veículo em local seguro, não tente ultrapassar locais alagados; e para as comunidades localizadas em áreas de risco: abandonem estas áreas aos primeiros sinais de anormalidades, como trincas, rachaduras em paredes, muros e deslizamentos de terras, além do aumento do nível de rios e córregos.

Em caso de emergência ou dúvidas, a população deve procurar imediatamente as Coordenadorias Municipais de Defesa Civil (199) ou os órgãos de emergência como Corpo
de Bombeiros (193) e Polícia Militar (190).