Compartilhe

O deputado federal Charlles Evangelista (PSL-MG), entregou um projeto de lei onde pretende criminalizar certos estilos musicais no Brasil. Pela descrição do projeto, a ideia é censurar canções, discos e letras que tratem de certos temas apresentados pelo parlamentar, e ainda que não fale abertamente sobre quais seriam os estilos, claramente diversos gêneros seriam afetados, indo do Rock ao Hip Hop.

O projeto de lei tem como objetivo transformar em crime os estilos musicais que “façam uso de expressões pejorativas ou ofensivas”, tendo letras que estimulem:



a) O uso e o tráfico de drogas e armas;

b) A prática de pornografia, pedofilia ou estupro;

c) Ofensas à imagem da mulher;

d) O ódio à polícia.



O texto completo pode ser lido no site da Câmara dos Deputados e abre brechas para que não apenas música específicas sejam banidas, mas sim gêneros musicais inteiros.

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos