Compartilhe

Um empresário resolveu matar a saudade da esposa, morta em 2017 em acidente de carro, de uma forma inusitada. Ele, que tem 57 anos, morador de Koppal (Índia), comprou uma estátua em tamanho real, feita de silicone, reproduzindo a amada. Inicialmente, ele pensou em ter uma esposa de cera, mas foi convencido a desistir da ideia por causa do forte calor e da umidade da região em que vive.

Os convidados à residência da família estão tendo a surpresa de voltarem a ser recebidos pela mulher, que fica sentada em uma poltrona. A cópia, feita por um artista local, ficou tão perfeita que algumas visitas acreditam que a mulher voltou à vida. As duas filhas do casal, de 25 anos, e de 22, estavam no carro no momento do acidente, mas sobreviveram. Elas têm a missão de cuidar da roupa e dos ornamentos da mãe de silicone.



A nova casa da família estava sendo construída quando a mulher morreu, mas as obras acabaram sendo paralisadas com a tragédia. Elas só foram retomadas quando o marido, que atua no mercado de perucas, teve a ideia de criar o “clone” da esposa.

“Eu sentia muita falta dela. Estou tão feliz por tê-la novamente ao meu lado, ainda que em forma de estátua. Posso comprar roupas e joias para ela. Posso até levá-la a piqueniques, já que a estátua é facilmente transportável e não requer manutenção”, disse o empresário.

Fonte: Page Not Found