Compartilhe

As principais cidades do País foram palco, nesta quarta-feira (15), de manifestações contra o bloqueio de recursos da educação, anunciado pelo Governo Federal.

Estudantes de Capivari protestam contra bloqueio de verbas da educação pelo Governo Federal | Foto: Jean Bordini
Estudantes de Capivari protestam contra bloqueio de verbas da educação pelo Governo Federal | Foto: Jean Bordini

De acordo com o Ministério da Educação, o bloqueio preventivo atingiu 3,4% das verbas discricionárias das universidades federais, cujo orçamento para este ano totaliza R$ 49,6 bilhões.



Durante entrevista em Dallas, nos Estados Unidos, o presidente, Jair Bolsonaro, afirmou que os manifestantes são “idiotas úteis, imbecis, utilizados como massa de manobra”. Assista abaixo!

Bolsonaro afirmou que não gostaria de contingenciar verbas, em especial da educação, mas que o bloqueio é necessário.

Ainda de acordo com ele, a Educação está deixando a desejar, que a “garotada”, com 15 anos de idade, no nono ano, não sabe fazer uma regra de 3 e questionou: Qual é o futuro destas pessoas?


▪ Veja mais informações da região!

Por meio de nota, o MEC se colocou à disposição para debater possíveis soluções que garantam o bom andamento dos projetos e pesquisas.

Estudantes de Capivari protestam contra bloqueio de verbas da educação pelo Governo Federal | Foto: Jean Bordini
Estudantes de Capivari protestam contra bloqueio de verbas da educação pelo Governo Federal | Foto: Jean Bordini


Em Capivari, professores e estudantes do Instituto Federal, também aderiram as manifestações. Eles se concentraram na Praça Central na noite desta quarta-feira.

Alguns dos manifestantes deram o seu depoimento.

Assista:

A Polícia Militar e a Guarda Civil acompanharam os manifestantes. O protesto foi pacífico e sem confusões.

Na parte da manhã também houve um outro protesto, porém em nenhum dos casos foi divulgado o número de participantes.

Fotos:

Fotos: Jean Bordini


Últimas Notícias