Compartilhe

Qualquer tatuagem racista, de ódio ou relacionada a gangues, agora pode ser encoberta gratuitamente em um estúdio de tattoo dos Estados Unidos.

O estúdio anunciou a promoção para ajudar as pessoas a encobrir erros do passado que continuam até hoje na pele. Logo na primeira semana, o estúdio recebeu 30 pedidos de gente arrependida do passado odioso.



Os proprietários do estúdio de tatuagem dizem que foram inspirados pelo movimento Black Lives Matter a fazer sua parte para acabar com a discriminação e apoiar pessoas que “acordaram”.

“Muitas pessoas quando eram mais novas não conheciam a fundo [a questão do ódio] e ficaram com os erros nos corpos delas. Só queremos garantir que todos tenham chance de mudar”, disse um dos proprietários.

Entre as tatuagens já cobertas durante a promoção, os tatuadores já ​​cobriram uma grande suástica no peito de um homem – que não tirava mais a camisa, de tanta vergonha – e recriaram desenhos nos braços de um outro homem que estava coberto de símbolos de ódio.

Um dos clientes do bônus foi uma mulher chamada Jennifer Tucker. Mãe de dois filhos, ela lamentou a tatuagem da bandeira confederada – símbolo de ódio racial – que fez aos 18 anos.



Ela acredita que cometeu o erro juvenil de ter crescido em um bairro todo branco, onde a bandeira era frequentemente levada com orgulho. Até que ela se afastou da cidade natal e se envolveu em movimentos de paz, para acabar com a injustiça racial.

Fonte: Só Notícia Boa