Compartilhe

Novo estudo feito nos EUA mostra evidências de que anti-inflamatórios, como a aspirina, podem diminuir os efeitos adversos da exposição à poluição do ar na função pulmonar. Os pesquisadores de várias escolas analisaram dados de 2.280 veteranos idosos de Boston, EUA, que foram submetidos a testes para determinar sua função pulmonar.

Embora o mecanismo ainda seja desconhecido, os pesquisadores acreditam que os anti-inflamatórios atenuam a inflamação provocada pela poluição do ar. “Nossas descobertas sugerem que a aspirina e outros anti-inflamatórios podem proteger os pulmões de picos de curto prazo na poluição do ar”, diz um dos pesquisadores.



Eles descobriram que o uso de qualquer anti-inflamatório corta quase pela metade o efeito das partículas ambientais na função pulmonar. O efeito modificador que observaram foi principalmente da aspirina. “É claro que ainda é importante minimizar nossa exposição à poluição do ar, que está ligada a uma série de efeitos adversos à saúde, do câncer às doenças cardiovasculares”.

Um estudo anterior também descobriu que as vitaminas B também podem desempenhar um papel na redução do impacto da poluição do ar na saúde.

Fonte: Só Notícia Boa