Compartilhe

Exportações de carne de frango do Brasil fecharam maio em alta de 14 POR CENTO em relação ao mesmo mês do ano passado.

Ao todo, foram comercializadas, no exterior, 381 mil toneladas do produto.



Os resultados favorecem o maior exportador global, com os impactos da peste suína africana, que aumentaram as importações de carnes.

A receita gerada com os embarques de produtos brasileiros in natura e processados subiu 27 POR CENTO, com faturamento de quase 659 milhões de dólares, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal.

A China liderou os negócios como principal destino. O país asiático comprou quase 55 mil toneladas de carne de frango; 49 POR CENTO a mais do que no mesmo mês do ano passado.