Compartilhe

Os investimentos feitos pelo governo com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o FGTS, renderam lucro de 12 bilhões, 221 milhões de reais em 2018.

E todo esse valor será dividido entre os trabalhadores que tinham saldo positivo na conta do FGTS em 31 de dezembro de 2018.



O valor que cada um vai receber será proporcional ao saldo no último dia do ano passado.

Conforme determinado em resolução publicada no Diário Oficial da União, a cada mil reais em conta, o governo vai depositar 30 reais e 88 centavos.

Se um trabalhador tinha em conta 10 mil reais, por exemplo, recebe depósito de 308 reais e 80 centavos.

O dinheiro referente aos lucros do FGTS cai na conta dos cotistas até o fim deste mês.



O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço começou a repassar o lucro aos trabalhadores em 2017, no governo de Michel Temer. Na época, ficou determinada a divisão de 50% dos lucros.

Neste ano, porém, o governo aumentou a distribuição do lucro para 100%.