Compartilhe

Atualizado em

O ex-comandante da Ponte aceitou R$ 300 mil mensais oferecidos e fechou negócio.



Por Jean Bordini

O técnico Gilson Kleina deixou nessa quarta-feira, 19, a Ponte Preta depois de um ano e nove meses sob o comando da Macaca.

Após demitir Luiz Felipe Scolari, o Palmeiras foi atrás de um novo treinador. Sem conseguir fechar com nenhum daqueles que procurou, a última cartada do Verdão foi Gilson Kleina.

O clube ofereceu ao treinador uma proposta, que ele acabou não resistindo. O ex-comandante da Ponte aceitou R$ 300 mil mensais oferecidos e fechou negócio.



Além dele, toda sua comissão técnica, com auxiliares e preparador físico e de goleiros, também foram para o Verdão. O contrato deles vai até o fim de 2013.

Com apenas 44 anos, o treinador que assumiu a Macaca em dezembro de 2010, foi o responsável pelo acesso da Ponte à série A do Brasileirão.

O desafio de Gilson Kleina no Palmeiras vai ser difícil. Ele deixou a ponte na 11ª colocação do Brasileiro e assume agora o comando do Verdão na 19ª colocação, na zona de rebaixamento.

Palmeiras e Ponte Preta se enfrentarão no dia 29 de setembro, pelo Campeonato Brasileiro, Kleina disse que será o jogo mais difícil de sua vida.