Compartilhe

Comitê Nacional para os Refugiados – Conare reconheceu, de uma só vez, a condição de refugiados de 21 mil venezuelanos instalados no Brasil.

A fila de processos para análise do governo soma quase 120 MIL 500 pedidos de refúgio, segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública.



São pessoas que fugiram da crise econômica e da instabilidade política na Venezuela.

A aprovação, feita em bloco, utilizou recursos tecnológicos capazes de sistematizar grande volume de dados, que permitiram o cruzamento de milhares de pedidos de reconhecimento feitos ao Conare.

O tempo médio para a aprovação de cada processo é de TRÊS ANOS, informa o site do ministério da Justiça.