Compartilhe

Ministério da Saúde deve iniciar em março a campanha nacional de vacinação contra a gripe, um mês antes do que no ano passado.

O ministro Luiz Henrique Mandetta diz que a antecipação já estava prevista antes do surto do novo coronavírus surgir na China.



Ele explica, no entanto, que a imunização deverá ajudar a descartar casos suspeitos da doença no Brasil.

Alguns dos sintomas da gripe são parecidos com os do coronavírus e a campanha vai contribuir para que os serviços de saúde fiquem menos sobrecarregados no atendimento de pacientes com sintomas respiratórios.

A vacina que será aplicada durante a campanha possui uma composição que varia a cada ano, de acordo com os vírus mais frequentes.

Ela é destinada principalmente a idosos, crianças pequenas e pessoas portadoras de doenças crônicas.



A campanha de Imunização contra a gripe é gratuita e deverá ser realizada no País até abril.