Compartilhe

Pelo menos 199 pessoas morreram de gripe, no País, desde o começo do ano.

E de cada quatro casos, três foram por contaminação pelo vírus H1N1.



Os números foram divulgados pelo Ministério da Saúde.

Na comparação com o ano passado, o cenário geral melhorou.

Já que o total de mortes, nesta época, passava de 300.

Em 2019, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe não atingiu a meta, que era imunizar 90 por cento do público-alvo. Formado, por exemplo, por crianças e idosos.



As doses que sobraram estão disponíveis para a população em geral. Menos em quatro estados: Rio de Janeiro, Tocantis, Ceará e Recife, onde a campanha foi prorrogada por mais alguns dias. E cidades diferentes podem ter regras específicas.

O Ministério da Saúde garante que a vacina não causa gripe. E protege contra três tipos de vírus, inclusive o H1N1.