Compartilhe

Pelo menos 339 pessoas morreram de gripe, no País, desde o começo do ano.

A maior parte, 52, no Paraná, que foi seguido por Rio de Janeiro, Amazonas e São Paulo.



Os números foram divulgados pelo Ministério da Saúde.

O total de casos confirmados da doença passa de mil e 500. E de cada três, dois foram por contaminação pelo vírus H1N1.

Em 2019, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe não atingiu a meta, que era imunizar 90 por cento do público-alvo. Formado, por exemplo, por crianças e idosos.

Por isso, sobraram doses, que depois foram disponibilizadas para toda a população.



O Ministério da Saúde garante que a vacina não causa gripe. E protege contra três tipos de vírus, inclusive o H1N1.