Compartilhe

Uma idosa de 113 anos foi mais forte, venceu a covid-19 e está sendo chamada de supercentenária pela imprensa da Europa. Maria Branyas se tornou a pessoa mais velha se recuperar do novo coronavírus, de acordo com a associação “Gerontology Research Group”.

Ela vive em um lar de idosos em Girona, na Espanha, onde vários residentes pegaram o vírus e morreram, informou a residência. A centenária permaneceu confinada durante semanas em seu quarto na Residência Santa Maria del Tura, onde vive há 20 anos, na cidade de Olot – 100 km ao norte de Barcelona.



Apenas uma funcionária, vestida com roupas de proteção, mantinha contato com a idosa, de acordo com a TV regional TV3.

A “supercentenária” é mãe de três filhos, avó e bisavó, e nasceu no dia 4 de março de 1907 nos Estados Unidos, onde seu pai trabalhava como jornalista em São Francisco.

Fonte: Só Notícia Boa