Compartilhe

Ninguém imaginava que esta mulher modesta tinha uma fortuna secreta de US$ 10 milhões – mais de R$ 40 milhões. Até que Eva Gordon, de 105 anos, morreu em junho do ano passado e deixou um testamento.

Apesar de nunca tendo frequentado uma faculdade, ela pediu toda a fortuna fosse doada para a educação, a paixão da vida de Eva Gordon, de Oregon, nos EUA.



Ela não estipulou no testamento de como o dinheiro deve ser usado, mas expressou sua preferência: para possa ajudar estudantes desfavorecidos.

Diretores de pelo menos 12 faculdades comunitárias do estado de Washington ficaram chocados no mês passado ao encontrar um cheque no valor de US$ 550 mil – mais de R$ 2,2 milhões – em suas caixas de correio.

Sua fortuna de US $ 10 milhões, escondida dos amigos, foi acumulada ao longo de décadas comprando e mantendo ações com retornos financeiros estáveis.

A doação dela foi a maior contribuição financeira única para faculdades comunitárias na história do estado de Washington.