Compartilhe

Cerca de um milhão e 800 mil aposentados e pensionistas do INSS poderão ter seus benefícios suspensos por indícios de irregularidades.

Eles foram notificados pelo órgão e deverão comparecer no prazo de 30 dias a uma agência da Previdência Social.



O agendamento deverá ser feito pela internet, no endereço meu.inss.gov.br ou pelo telefone 135.

Os casos foram identificados pelo novo sistema que verifica automaticamente a folha de pagamento de 35 milhões de beneficiários do INSS.

O pente-fino iniciou as varreduras em abril e já apresentou aumento de mil 350 por cento, na comparação com 2018, no volume de possíveis irregularidades.

Somente em 2019, 261 mil benefícios já foram suspensos em todo o País, que juntos devem gerar uma economia estimada em 336 milhões de reais por mês.



Vale lembrar que ao ser notificado pelo órgão, o aposentado ou pensionista deverá apresentar todos os documentos solicitados na agência da Previdência, para que seu pagamento não seja suspenso.