Compartilhe

Assim como todos os outros músculos do corpo humano, o cérebro precisa se manter em movimento para continuar em plena forma. De acordo com um estudo de 68 anos da Universidade de Edimburgo, jogos de cartas e tabuleiro são grandes aliados que ajudam a proteger o cérebro contra o envelhecimento.

Isto porque, estes tipos de jogos estimulam áreas cerebrais relativas à memória, resolução de problemas, velocidade de raciocínio e capacidade de raciocínio geral, o que pode ser determinante na terceira idade. A equipe testou mais de 1000 pessoas com mais de 70 anos de idade, sendo que os participantes tiveram que repetir os mesmos testes de raciocínio a cada três anos até os 79 anos.



Os pesquisadores analisaram a relação entre o nível de jogo de uma pessoa e suas habilidades de pensamento, levando em consideração fatores como estilo de vida, educação, status socioeconômico e níveis de atividade, bem como os resultados de um teste de inteligência que os participantes concluíram quando tinham 11 anos de idade.

A conclusão é de que as pessoas que dedicaram mais tempo jogando nos últimos anos, experimentaram menos declínio nas habilidades de raciocínio – particularmente na função de memória e velocidade de raciocínio. Os pesquisadores dizem que as descobertas ajudam a entender melhor que tipos de estilos de vida e comportamentos podem estar associados a melhores resultados para a saúde cognitiva dos idosos.

Fonte: Hypeness