Compartilhe

Atualizado em



David Copperfield foi obrigado pela Justiça dos Estados Unidos a revelar um de seus maiores truques no tribunal. O mágico é processado por um turista inglês, de 58 anos, que alega ter se machucado durante um truque em 2013. De acordo com informações, o homem revelou precisar lidar com as sequelas do acidente até hoje.

O advogado da vítima alegou que o cliente comemorava seu aniversário com a família na ocasião, quando foi chamado para ser cobaia do show. O advogado garantiu que seu cliente não foi avisado de qualquer risco que poderia correr durante a apresentação.

A mágica em questão faz com que 13 espectadores desapareçam do palco e surjam no fundo do teatro em poucos segundos. Segundo Copperfield, a dinâmica do truque é simples. Após as pessoas serem levadas para o ponto inicial da atração cobertas por um pano preto, elas são guiadas por túneis secretos que dão acesso ao outro lado do local.

O mágico explicou que conta com a colaboração dos participantes para que eles corram ao máximo, porém, o homem caiu durante o trajeto enquanto tentava chegar ao ponto em que o número seria encerrado.

Fonte: Cidade Verde