Compartilhe

Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou, na segunda-feira, que as exigências para o mercado de agrotóxicos continuam as mesmas.

E que a liberação de registro para novos produtos não coloca em risco a saúde das pessoas e nem o ambiente.



Segundo a ministra só houve aceleração no processo de liberação dos produtos, com mais agentes da área da agricultura e pesquisadores da Embrapa para acelerar a fila de pedidos de registro.

Tereza Cristina afirmou que também há mais pessoas da área do Meio Ambiente e da Anvisa para atuar no setor, para reduzir o atraso do Brasil em relação ao outros países.

No Congresso Brasileiro do Agronegócio, ela destacou que herbicidas e pesticidas usados no Brasil já estão amplamente difundidos em outros mercados com segurança.

As informações são da Agência Brasil.