Compartilhe

Uma pesquisa comprova que o Lockdown para proteger a população da Covid, ajudou a aproximar pais e filhos – mesmo que de forma forçada – durante a pandemia. Eles querem criar um “novo normal” daqui para frente.

O estudo feito em maio e divulgado na semana passada pela ONG Canadian Men’s Health Foundation (CMHF), questionou a 1.019 pais canadenses sobre o impacto do isolamento social na família.



40% dos entrevistados consideraram que a COVID-19 teve um impacto positivo no papel dos pais, 52% estão mais conscientes de sua importância como pai e 60% se sentiram mais próximos de seus filhos.

64% disseram que estão comendo mais refeições com seus filhos. Sim, almoços e jantares com a família na mesa.

O estudo revela ainda que quase dois terços dos pais ficaram mais companheiros dos filhos durante o confinamento, e quase metade planeja continuar fazendo isso quando as restrições acabarem.

56% têm orientado seus filhos com mais frequência e 46% planejam continuar fazendo isso também.



“Embora as famílias tenham enfrentado estressores e desafios com a COVID-19, os pais tiveram uma oportunidade de ouro para reservar um tempo para desacelerar e se conectar com seus filhos”, disse o ministro da Saúde do Canadá, Adrian Dix.