Compartilhe

Ouça a entrevista exclusiva que Dona Rosária concedeu à Raízes FM.

Por Jean Bordini



Aos 17 anos, em Capivari, Rosária Aparecida Mariano teve seu único filho Alexandre da Silva Mariano, o Amaral.

Ao se separar do seu esposo há alguns anos depois, criou o filho com a ajuda dos pais, pessoas que foram extremamente importantes para o sucesso de Amaral como jogador de futebol. Sucesso esse que o pai do jogador nem chegou a conhecer, pois faleceu antes.

Depois de tantas dificuldades, hoje com 56 anos dona Rosária se sente orgulhosa pelo filho que teve a 39 anos atrás.

Mesmo operada recentemente, a mãe do Amaral recebeu a nossa equipe em sua residência para contar um pouco da sua história e dizer da saudade que sente pelo filho que está jogando futebol na Indonésia e que não vê há 2 anos.



Ouça a entrevista completa no áudio abaixo.

Dona Rosária relembrou o início da carreira do filho, época que inclusive chegaram a passar fome. Revelou ficar magoada com o que algumas pessoas dizem sobre o jogador em Capivari.

Dona Rosária comentou também sobre a passagem que Amaral teve pela secretaria de esportes de Capivari, em 2010.

Um fato na vida de Amaral que gerou muitos comentários na mídia foi sua separação com a mãe de seus dois filhos, o Amaralzinho, de 15 anos, e Vitória, de 11 anos. Comentários que cansaram Dona Rosária, na época. Ela chegou a revelar que se dá bem com a ex nora e que gostaria que ela ficasse junto com Amaral.

Dona Rosária ainda deixou um recado pra quem insiste em dizer que Amaral trabalhou como coveiro em Capivari.