Compartilhe

Atualizado em

Para viajar com mais tranquilidade no sábado também, é bom o motorista evitar pegar a estrada entre seis da manhã e três da tarde.



O fim de semana prolongado pelo Feriado do Dia do Trabalho vai movimentar as rodovias concedidas do Estado de São Paulo.

A expectativa é que o movimento em direção ao interior aumente já a partir do período da manhã desta sexta-feira.

Quem vai para o litoral deve encontrar o movimento mais carregado no período da tarde.






De acordo com a estimativa da Agência de Transporte do Estado de São Paulo, a Artesp, cerca de 2 milhões de veículos devem circular pelas rodovias que saem da capital e Região Metropolitana de São Paulo.

Por causa do aumento esperado na circulação de veículos, as concessionárias que administram as rodovias sob concessão vão implantar esquemas especiais, com reforço de equipes e viaturas nas pistas.

O monitoramento também conta com o auxílio de câmeras e implantação da operação “papa-fila”, a cobrança antecipada nos pedágios.

Mesmo assim, os motoristas devem se programar para fugir dos horários de pico, que na saída para o feriado deve ocorrer a partir da uma hora da tarde desta sexta-feira.

Para viajar com mais tranquilidade no sábado também, é bom o motorista evitar pegar a estrada entre seis da manhã e três da tarde.

Na volta para casa, na terça-feira, o movimento deve ficar intenso no período da tarde, e quem puder deve se programar e verificar as condições do tráfego na rodovia em que pretende viajar antes de pegar a estrada.




Os motoristas podem acessar os sites das concessionárias que administram as rodovias ou ligar para o 0800. Também é bom ter anotado o número para numa emergência o motorista acionar a empresa responsável pelo trecho.

O 0800 das concessionárias é um serviço gratuito que presta atendimento 24 horas e pode ser acionado tanto para o auxílio mecânico como em caso de primeiros socorros e acidentes.