Compartilhe

225 mil empregadores brasileiros têm dívidas relativas ao FGTS, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Segundo dados da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, a soma total da dívida é e 32 bilhões de reais, envolvendo mais de 8 milhões de trabalhadores



O FGTS é um direito do empregado com carteira assinado e deve ser depositado pela empresa até o dia 7 de cada mês, na conta vinculada do trabalhador.

O valor devido, a cada mês, equivale a 8% da remuneração do funcionário.

Lembrando que o valor não pode ser descontado do salário.

O governo fiscaliza e atua na cobrança dos valores que deixam de ser pagos



Nos quatro primeiros meses de 2019, de acordo com números oficiais, as autuações levaram ao recolhimento de 2 bilhões e 60 milhões de reais para contas do FGTS.

Um resultado maior do que o obtido entre janeiro e abril do ano passado, quando o valor recuperado somou pouco mais um bilhão e meio de reais.