Compartilhe

Atualizado em

O comunicado oficial foi divulgado na manhã desta segunda pela assessoria de comunicação dos Correios.



Por Yuri Rossi

A assessoria de comunicação dos Correios um comunicado no inicio da manhã desta segunda-feira (26) divulgando a informação que quase metade dos trabalhadores dos Correios que haviam aderido à paralisação já retornou às atividades.

Segundo a nota, no primeiro dia do movimento o índice de adesão nacional era de 32% e caiu para 18% na última sexta-feira (23), o que representaria a volta de 15 mil funcionários ao trabalho, enquanto 19 mil empregados continuam parados.

Além disso, os Correios estão contratando de forma imediata 6.074 novos empregados, sendo 5.060 carteiros e 1.014 operadores de triagem, aprovados no concurso público realizado em maio.



Segundo o balanço 82% do efetivo total já está atividade.

E ainda segundo os dados 65% das entregas estão dentro dos prazos legais.

De acordo com publicado na nota, na noite de quinta-feira, a empresa reapresentou a proposta feita antes do início da paralisação e conclamou os trabalhadores a retornarem às atividades e retomarem o diálogo para fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho 2011/2012. A proposta inclui reajuste de 6,87% sobre o salário e os benefícios, R$ 50 de aumento linear a partir de janeiro de 2012 — o que representa um aumento de 13% para 60% dos trabalhadores — e R$ 800 de abono.

Segundo o comunicado dos Correios, a contraproposta protocolada pela representação sindical nos Correios na última sexta-feira (23) está acima das possibilidades orçamentárias da empresa e inviabilizaria a sustentabilidade da ECT. A contraproposta tem impacto de R$ 4,3 bilhões na folha de pagamento — representa um acréscimo de 70% no custo anual da folha, equivale a cinco vezes o lucro da empresa em 2010 e a um terço da receita bruta dos Correios no ano passado. Os índices reivindicados elevariam a despesa com pessoal para 80% do orçamento da empresa.

As agencias de Capivari e região está funcionando normalmente.