Compartilhe

O Ministério da Saúde reforçou o alerta para que a população dos estados do Sul e Sudeste do país se vacine contra a febre amarela.

Segundo a pasta, o vírus circula nesses regiões e quem mora ou vai viajar para os estados Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais deve estar vacinado.



O reforço no alerta acontece principalmente porque esses estados ainda registram coberturas abaixo da meta 95%.

A estimativa do Ministério da Saúde é que cerca de 36 milhões e 900 mil pessoas no Sudeste e 13 milhões e 100 mil no Sul não estejam vacinadas.

Vale lembrar que a vacina contra a febre amarela faz parte do Calendário Nacional de Vacinação e distribuída mensalmente pelo Ministério a todos os estados.

Desde abril de 2017, o Brasil adota o esquema de dose única da vacina, seguindo recomendação da Organização Mundial de Saúde.



Devem tomar a vacina pessoas de nove meses a 59 anos de idade que nunca tenham se vacinado ou que não tenham o comprovante de vacinação.

Além dos estados do Sul e Sudeste, a dose é recomendada também para os moradores e visitantes do Centro-Oeste e do Norte e de algumas localidades do Nordeste, como o estado do Maranhão e alguns municípios de Bahia, Piauí e Alagoas.