Compartilhe

Uma mulher, de Missouri, nos Estados Unidos, ficou chocada ao descobrir que o desconforto que estava sentido no ouvido era na verdade uma aranha-violinista, uma espécie venenosa e extremamente perigosa para humanos. A mulher acreditava ter água presa no ouvido, mas quando o desconforto aumentou, ela decidiu visitar o médico.

A sua aflição aumentou quando a enfermeira do local demonstrou preocupação com o caso. “Ela saiu correndo e disse que iria chamar ajuda. Depois ela me disse: ‘acho que você tem um inseto no ouvido’, contou ela. “A enfermeira voltou com mais pessoas e eles usaram algumas ferramentas para tirarem a aranha de lá”, disse.



Por sorte, a aranha-violinista não picou o interior da orelha da mulher, o que poderia ter resultados catastróficos. A picada da aranha-violinista é praticamente imperceptível. Depois de 12 a 14 horas ocorre um inchaço acompanhado de vermelhidão na região, escurecimento na urina e febre. Cerca de 1,5% dos casos são fatais.

Fonte: R7