Compartilhe

Para conseguir escapar de um estupro, uma mulher da cidade de Jingshan, na China, alegou ter contraído o coronavírus durante uma viagem a Wuhan, cidade mais afetada pela epidemia.  Apenas desta forma ela conseguiu afugentar o criminoso, de 25 anos, que foi identificado pelas autoridades.

O criminoso invadiu a casa da mulher na última sexta-feira (31) em busca de dinheiro. No entanto, ao ver ela sozinha, tentou estuprá-la. Segundo uma nota emitida pela polícia de Jingshan, ela tentou reagir, tossiu no rapaz e afirmou estar sozinha por causa da quarentena.



Isso teria feito o criminoso fugir, levando consigo um celular e quase R$ 1.900. Ele acabou se entregando à polícia, acompanhado do pai, após as autoridades iniciarem uma busca por ele. O criminoso confessou os crimes.

Fonte: Virgula