Compartilhe

No mundo todo, cada região tem um tipo de ligação com a morte. No caso dos indonésios da comunidade de Toraja, o costume é bem diferente de qualquer coisa que estamos acostumados. A cada três anos, eles celebram o Festival Ma’nene, que consiste em tirar os cadáveres dos caixões e fazer um ritual.

O festival funciona como um processo de limpeza e purificação. Os mortos são desenterrados para que os parentes possam passar um tempo a mais com as pessoas que amam e ganham até mesmo novas roupas. Além da roupa, as pessoas também trocam o caixão onde os entes queridos estão sepultados. A ideia é evitar que os corpos se decomponham mais rapidamente.



Na comunidade, o festival é tão importante que mobiliza muita gente. Muitas pessoas inclusive guardam dinheiro por vários meses para poder manter a tradição desse momento de “reencontro” com seus familiares que já se foram.”