Compartilhe

No período de festa juninas, um dos mais homenageados é Santo Antônio, considerado o santo casamenteiro.

A relação dele com os casamentos surgiu no Brasil, por causa de algumas lendas populares.



Em uma delas, uma moça que queria muito se casar e que não tinha dotes para oferecer à família do noivo, algo que era comum na época, se ajoelhou aos pés da imagem de Santo Antônio e orou com muita fé.

Pouco depois, teriam surgido moedas de ouro e o casamento pode ser realizado.

Outra história conta que, cansada de ser solteira, uma mulher teria arremessado a imagem do santo pela janela e, sem querer, acertou um homem que passava na rua.

Ao socorrer a vítima e pedir desculpas, os dois iniciaram uma conversa e algum tempo depois se casaram.



Hoje em dia, é comum que homens e mulheres que estão em busca do par ideal peçam ajuda ao santo casamenteiro.

O dia de Santo Antônio foi comemorado em 13 de junho, mas ele é lembrado durante todo o período de festas juninas.

Ao redor do mundo, também é considerado padroeiro dos pescadores, marinheiros, viajantes, agricultores, dos idosos e das grávidas.

As informações são do site msn.com